sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Parte 35 ((:

chegando no quarto, me deparo com Justin e Selena se beijando, nesse momento nao me importei com nada e ninguem desabei em lagrimas e sai correndo, passando pelo funcinario do hotel que estava me ajudando a levar as compras para o quarto, abri a porta do quarta da Raquel, deitei na cama e comecei a chorar, ela e Chaz que estavam na sala do quarto (nossa isso ficou bem estranho G.G mas voces entenderam né ?!, bom acho que sim ... espero) vieram ver o porque de eu estar chorando tanto, a Raque pegou minha cabeça colocando a mesma em seu colo, fez carinho em minha cabeça me acalmando mais e mais, Chaz desesperado nao parava de me perguntar.


Chaz: Oque aconteceu (sa) ? 
Ra: para Chaz, nao pergunta nada, espera ela se acalmar, assim vai deixa-la mais nervosa ainda.


A Raquel sabia como me acalmar nessas horas, por isso vim pro seu quarto, depois de uns minutos, com os dois me olhando chorar, limpei as lagrimas, sentei-me na cama e Raquel perguntou.


Ra: que aconteceu flor ? 
Vc: o Bieber ... falei com uma voz de morta, uma voz sem sentimento apenas a tristesa.
Ra: o que ele te fez (sa) ?
Vc: eu cheguei no quarto, toda feliz pra lhe dar um abraço e um beijo porque eu estava com saudades, e lhe entregar os presentes que eu comprei, e o encontro beijando a nojenta da Selena ( desculpa fans da Selena, mas ela é a vilã da história D:.) 
Ra: oooh amor, fica assim nao, vem aqui ... 


Ela abriu os braços e eu a abracei, e voltei a me derramar em lagrimas.


Ra: nao chore por ele, voce merece mais doque isso, ele é pouco pra voce.
Vc: ele é o garoto mais maravilhoso que ja encontrei na minha vida.
Ra: pois bem, encontramos um mais ainda pra voce, mas nao deixe ele experimentar que esta ganhando de voce, mostre a ele que voce é forte.
Vc: nao consigo, foi a pior cena de minha vida.
Ra: voce consegue sim, você é (seunomeinteiro) e voce pode tudo, agora amiga, levante dessa cama lave seu rosto que eu vou te emprestar um biquini e nos vamos a praia, porque menina brasileira em outro pais tem que mostrar oque é beleza. 
Vc: só voce mesmo em best da minha vida, eu te amo.
Ra: haha, eu tambem te amo minha linda, agora vai lavar o rosto e vem escolher um biquini pra voce na minha mala.
Vc: ok.


lavei meu rosto, e eu e a Raquel fomos escolher os biquinis em quanto o Chaz avisava os outros pra se arrumar, menos o Justin, pedi pra que ele nao o avisasse, o Justin ... ele nem pra vir atras de mim ... e eu idiota acreditei nas juras de amor dele feita pra mim, como eu sou burra, idiota ...  


escolhi meu biquini e a raquel o dela.


Vc:



Ra:



Bem ... os biquinis da raquel sao bem extravagantes, ela tem um corpo lindo e gosta de mostrar isso com seus biquinis, antes ela nao gostava, mas eu e as meninas incentivamos ela, porque ela tem o corpo que qualquer menina desejaria, enfim, coloquei o biquini que peguei emprestado, passei protetor, coloquei um short e uma regata, uma tipica havaiana, e um oculos de sol,pegamos duas cangas e dinheiro, colocamos numa bolsa e encontramos todos no corredor um pouco antes de passarmos a porta de meu quarto Justin sai do mesmo, com a cara inchada e vermelha, nossos olhares se cruzaram, percebi que iria começar entao olhei pra baixo, pra evitar contato visual com ele, os outros que nao sabiam oque havia acontecido, chamaram o Justin que acabo indo com a  gente pra praia, chegando lá como estava no fim de tarde ainda dava pra aproveitar o sol que restava pra pegar um pouco de marquinha, estendi 'minha' canga na areia e deitei, logo a raquel pergunta.


Ra: (sa) nao vem pra agua com a gente ?
Vc: já vou, só vou aproveitar o sol que resta.
Ra: ok, to indo.
vc: tudo bem.


Ela foi pra agua junto com os outros, só restando eu e o Justin ali na areia, logo escuto a voz rouca e doce de Justin soando pelo ar.
(escutem a música amores-> When You're Gone - Avril Lavinge )


JB: amor .. olha posso te explic...
nem deixei ele terminar e ja fui falando. Vc: nao precisa explicar nada, já entendi, voce me usou, agora que tem ela de volta nao precisa mais continuar com seu joguinho Justin, nao me chama mais de amor.
JB: nao é isso que voce está pensando, quero só voce, nao quero ela, é sério, as aparencias enganam, aquilo que voce viu nao é oque parecia ser.
Vc: me poupe Justin, eu tenho sentimentos e um coraçao, ou tiinha ate eles serem destuidos por voce.
JB: por favor, nao faz isso comigo, por favor, eu preciso de voce, mais do que voce imagina, eu te amo, nao estou mentindo, eu te amo de verdade.


Como nao estava olhando em sua cara, percebi pela sua voz que ele estava quase chorando assim como eu, eu tentava segurar minhas lagrimas ao maximo.


Vc: nao quero que voce tente me explicar mais nada, sei oque vi e fui burra por acreditar que voce me amava, voce é igual a todos, so brinca com os sentimentos das garotas, por favor ne Bieber.


Sai andando pela areia naquele fim de tarde, com aquele por do sol, comecei a pensar e a lembrar de todos os momentos que tive com o Justin, e comecei a chorar novamente, me perguntando indignada como que ele pode fazer isso comigo, depois de tudo, depois das muitas juras de amor que ele fez a mim, mas era tudo falso, ele é como os outros, é realmente nao existe ninguem perfeito, mais agorar o jeito é seguir assim ne, sem ele, por mais que doa, nao quero ficar com um menino que diz que me ama, mas é só eu dar as costas que ja ta beijando outra.


Me sentei em uma pedra ja bem longe de todos, quando ouço novamente sua doce e rouca voz atrás de mim.


JB: por favor .... 


Percebi que ele chorava assim como eu.


JB: lembra, das nossas juras de amor ? eu nao estava mentindo, era verdade eu nunca faria isso com voce meu amor, por favor, deixa eu te falar oque aconteceu de verdade.


Ele disse tudo em meio de lagrimas e soluços. Me levantei ficando de costas ainda pra ele.


Vc: porque você insiste em tentar se desculpar, eu vi tudo, e sei muito bem oque vi.


Disse da mesma maneira, entre soluços e lagrimas.


JB: porque eu te amo.


Assim que ele terminou de dizer isso, me virei pra ele. Abri a boca na tentativa de falar alguma coisa e nada saia, olhei profundamente em seus olhos e voltei a chorar, logo sinto ele me abraçando, comecei a me debater para sair dali, quanto masi eu me debatia mais apertado ele me abraçava, até que acabei cedendo ao seus braços, logo ele me deu um beijo na testa e ficamos assim por uns 10 minutos.


Vc: quer se explicar ?
JB: posso ? 


Balancei a cabeça afirmando.


Nos sentamos na pedra onde eu me encontrava antes, e ele começou ....


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Amores, quando eu chegar do shopping eu posto mais pra voces :* 


Um comentário:

  1. aaaaaaaaawwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww *-* continua

    ResponderExcluir